Detona Ralph – Crítica

Detona Ralph é um filme que a primeira vista pode parecer mais um dos clichês da Disney, mas basta começar o filme para perceber como a ideia de contar a historia de um vilão de video-game é uma grande sacada.

A historia começa com Ralph, o vilão do jogo Conserta Felix (Jogue aqui), criado especialmente para a animação, que lembra o clássico Donkey Kong. No jogo o vilão Ralph quebrar janelas de um prédio, enquanto Felix, o mocinho, faz os reparos. Cansado ser rejeitado e excluído por ser “malvado” e de não ter reconhecimento pelo seu trabalho, Ralph decide deixar de ser mau. Assim, decide sair de seu jogo para ir atrás de uma medalha, mas ao fazer isso acaba causando muitas confusões -como diria o narrador da sessão da tarde. E durante a historia, Ralph conhece outros universos e personagens, em especial Vanellope, a fofa tilt de um jogo de corrida açucarado (paródia de Mario kart).

O roteiro não chega a fugir do padrão de produção disney, traz o clássico bem X mal, mas consegue inovar em mostrar os vilões dos games com não sendo realmente maus (afinal quem em sã consciência acha o Ralph mau?). E mostra como mesmo personagens bons podem ser ruins, como por exemplo o bulling que os outros moradores do prédio fazem com Ralph e o grande vilão da historia que no inicio era um bonzinho que tomado pela inveja, realiza sua vingança.

O filme possui muitas cenas divertidas, como por exemplo a reunião de vilões que encerra mostrando a tela do clássico labirinto do Pac-man (meu jogo preferido). A presença do Clyde, o fantasma do jogo (sim, os fantasmas tem nome) foi com certeza um dos que eu mais gostei no filme. O filme possui varias referências a jogos eletrônicos que marcaram a infância de quem cresceu nos anos 80 e 90, a animação já ganha o público ao mostrar a clássica abertura da Disney em 8-bit. É muito interessante ver os diferentes estilos de jogos se misturarem ao longo do filme.

Mesmo que pudesse ser mais criativo e aproveitado melhor as referências aos jogos, “Detona Ralph” é uma ótima animação, capaz de levar a uma viagem nostálgica (cativante para quem vivenciou a época desses jogos) e ainda divertir todos os públicos. Com certeza esse filme tem um lugar especial no coração dos gamers. O filme possui uma ótima qualidade visual, um bom roteiro e boa musica, mas o que realmente conquista as pessoas é a capacidade nostálgica desse filme. Não esqueça de ver a animação dos créditos finais.

nota 4,5

ps: Já falei como esse filme é nostálgico!!!

Curiosidades:

  • Desde os anos 1980 a Walt Disney Pictures analisava a possibilidade de fazer um filme de animação envolvendo o universo dos videogames. Na época o projeto era chamado de “High Score” e, durante os anos 1990, foi renomeado para “Joe Jump”. Nos anos 2000, quando a ideia enfim saiu do papel, os dois primeiros meses de desenvolvimento do roteiro trazia Conserta Felix Jr. como personagem principal.
  • O jogo Conserta Félix Jr. teve como inspiração o clássico jogo dos arcades Kong, que popularizou o vilão Donkey Kong.
  • A ideia original era que Ralph o tempo inteiro tivesse a aparência de um personagem criado com 8 bits, o que limitaria bastante sua qualidade gráfica. Os desenhistas da Disney desistiram da ideia porque, desta forma, era bastante difícil deixá-lo com uma aparência simpática.
  • O diretor Rich Moore teve a inspiração necessária para a personagem Vanellope von Schweetz ao ler o livro “The Bedwetter: Stories of Courage, Redemption and Pee”, de Sarah Silverman. Posteriormente, ele convidou a própria autora para dublá-la na versão original.
  • Ao contrário de boa parte das animações, em Detona Ralph os dubladores gravaram suas audições em uma mesma sala. A intenção era que isto incentivasse a improvisação.
  • Vários personagens do mundo dos videogames aparecem em pequenas pontas: M. Bison, Zangief, Ken, Ryu, Chun Li e Cammy, todos da série Street Fighter; Q-Bert e seus inimigos; Pac-Man e o fantasma laranja; Bowser, o vilão dos jogos Super Mario Bros; e Sonic e Dr. Eggman, seu arquinimigo.
  • O personagem Sonic pode ser visto em cena em três momentos: como um anúncio animado, quando Ralph passeia pela Estação Central de Jogos; na festa de aniversário pelos 30 anos do jogo Conserta Félix Jr.; e, bem rapidamente, quando a nave de Ralph escapa do jogo Missão de Herói e vai parar na Estação Central de Jogos.
  • A ideia inicial era incluir Super Mario em uma pequena participação especial, mas a ideia foi deixada de lado devido ao fato dos roteiristas não terem encontrado uma boa maneira de incluí-lo na história.
  • Inicialmente, a sargento Calhoun seria um homem na história do filme.
  • Thomas Newman havia sido contratado para desenvolver a trilha sonora de Detona Ralph, mas acabou substituído por Henry Jackman.
  • Quando o Rei Doce vai à área da programação ele usa um controle típico dos videogames da Nintendo. A senha que ele utiliza – para cima, para cima, para baixo, para baixo, esquerda, direita, esquerda, direita, B, A e start – é o mesmo código usado pela fabricante Konami em vários de seus jogos.
Fonte: http://www.adorocinema.com/filmes/filme-190157/curiosidades/
Esta entrada foi publicada em inicio, telinha com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s