Série da semana: How to Get Away with Murder

Uma série de direito, direto de Shondaland, o suspense jurídico narra a vida de Annalise Keating, uma advogada e professora de direito da disciplina How To Get Away With Murder, como ela gosta de chamar. Apaixonada pele que faz, carismática e manipuladora, Annalise é mais do que se vê na superfície. A vida de Annalise sofrer uma reviravolta quando ela e quatro de seus alunos se envolvem em uma trama de assassinato. É um samba na cara da sociedade em todo episódio.

Porque assistir:

  • Trama bem feita

Ao contrario de alguns certas séries teens de mistério, How to get away with murder sabe o que faz. Você sabe que as coisas estão indo para algum lugar e não só jogando pistas soltas para confundir o público. Todo é coerente e por mais que algumas informações parecem confusas e sem sentidos, elas serão explicadas, e você pode maratonar tranquilo, sem o medo de acabar a série com pontas soltas.(mesmo que ela não tenha acabado até o momento desse post :p)

  • Personagens incríveis

Começando pelo principal destaque da serie: Annalise Keating. A professoa é muito mais do que aparenta e possui uma carga dramática que só alguém da altura de Viola Davis para interpretar a diva. Cada personagem em suas particularidades vai nos conquistando, e até aqueles que você acha que não tem nada de bom pode vir a te surpreender (e o contrario também é valido). Não esquecendo que alguns personagens podem conquistar facilmente um lugar no seu coração.

  • Fotografia

Bem produzida, a fotografia da série sabe usar dos meios para contar histórias e sugerir pistas, alguns elementos inclusive sendo usados com certa metalinguagem.

Canal: ABC

País: EUA

Inicio: Sep 2014

Status: Renovada para a terceira temporada

Duração Episodio:  60 min

Gênero: Jurídica/Criminal/Suspense/Mistério

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Série da semana: Bates Motel

Prepare-se para conhecer as origens de um dos psicopatas mais marcantes e icônicos da história do cinema. Bates Motel é uma série que contar a história de Norma Bates antes dos eventos que acompanhamos no filme Psicose, de 1960. Sim, da famosa cena do chuveiro tem sua história explorada nessa trama, que eu garanto, não vai decepcionar.

Porque assistir ?

  • Atuações

É SÉRIO, Vera Farmiga e Freddie Highmore são incríveis, posso dizer que os atores estão entre os que eu considero os melhores da televisão atualmente. Toda a química entre os dois faz você questionar como o que está acontecendo em cena não é real. Os outros atores também mandam bem, mas o destaque fica mesmo com a mãe e o filho da trama, não podiam fazer escolha melhor, Freddie e Vera são os próprios Norman e Norma.

  • Personagens

Mesmo você sabendo que o Norman vai se transformar em um grande assassino é impossível você não se simpatizar pelo rapaz. Já a mãe dele, Norma por mais que você possa não gostar do modo como ela cria o filho, você não consegue deixar de gostar dela e de como ela faz de tudo pelo bem do filho. Romero também é um grande personagem e Emma aquela personagem amorzinho(difícil  não gostar dela)

  • Norma e Norman

Só esse dois já são motivo suficiente para assistir a série, a química dos atores, como eu já disse antes, é impressionante, e importantíssima para o que a historia pede. A relação doentia fica mais clara a cada episódio e você vai finalmente entender como Norman Bates se tornou Norman Bates.

  • É Psicose

Quer mais motivo do que a série ser um prelúdio da história de um dos maiores assassinos do cinema? do filme mais famosos do grande Hichcook? Bates Motel é uma bela homenagem, respeita os fãns antigos e atrai os novos

Canal: A&E

País:EUA

Inicio: Mar 2013

Status: Quarta temporada em exibição

Duração Episodio: 60 min

Gênero: Terror/suspense/família/mistério

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Série da semana: The Blacklist

A série da semana consegue ser uma criminal, procedual e ao mesmo tempo tem um estilo próprio que prende a atenção. A história é o segunte: Um dos criminosos mais procurado do mundo se entrega a polícia e se oferece para delatar grandes criminosos, aqueles que estão fora do radar do governo. Mas tem uma condição: ele só falara com a agente novata do FBI, Elizabeth, alguém com quem aparentemente ele não tem “nenhuma” ligação.

 

Porque assistir:

  • Atuações: James Spaider samba na cara do recalque um uma atuação brilhante, é isso que eu tenho a dizer. Os outros atores não são ruins e até a protagonista vai melhorando a atuação durante os episódios.
  • Casos da semana e tramas: Por ser uma série de casos da semana as pessoas tentem a torncer o nariz, mas confie em mim, os casos da semana, não são criminosos normais, não é  assassinato, roubo ou fraude qualquer, os casos conseguem ser bem inusitados mas para dizer mais eu teria que falar spoiler (como por exemplo: o caso das mulher sequestradas para serem barriga de aluguel).
  • Red: Eu sei que pode parecer um pouco exagero colocar um único personagem como o ponto de destaque da série, mas Red é o equivalente a Katherine de Tvd ou a Shakira de Orphan Black(se é que você me entende, Sestra). Você sabe que não deveria gostar dele mas mesmo depois de ele matar alguém você ainda vai achar fofo quando ele defender a Lizzie.

Canal: NBC

País: EUA

Inicio: Sep 2013

Status: Terceira temporada em exibição

Duração Episodio: 60 min

 

Gênero: Drama /Crime/ Ação/

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Série da semana: Orphan Black

Essa é uma série que eu amo, mas nunca consigo contar muito sem falar spoiler. Então vou tentar fazer uma versão sem e uma com spoiler e vocês decidem qual preferem ler. Então vamos lá:

Versão sem spoiler: Sarah, uma órfã  com problemas financeiros, testemunha o suicídio de uma mulher extremamente parecida com ela. Na expectativa de resolver todos os seus problemas, ela assume a identidade da detetive Elizabeth Childs quando descobre que tem mais coisas nessa história do que aparenta.

Versão com spoiler:Na história, Sarah (Tatiana Maslany), uma órfã que foi criada nas ruas, testemunha o suicídio de uma mulher fisicamente igual a ela. Na expectativa de resolver todos os seus problemas financeiros, ela assume a identidade da detetive Elizabeth Childs, quando descobre que a falecida e ela são, na verdade, clones, e que existem mais delas mundo a fora. Em busca de respostas, a jovem precisa correr para descobrir o que está acontecendo, ao mesmo tempo que alguém tenta matar todas elas.

Porque assistir:

  • Atuação: Se você acha incrível aqueles atores que interpretam mais de um personagem, então tenho que dizer, miga sua loka, você não sabe o que ta perdendo. Tatiana Maslany samba na cara do recalaque com uma atuação que eu considero uma das melhores que eu já vi.
  • Personagens: Os personagens tem aquela coisa que faz eu me simpatizar, eles não são pura bondade ou maldade, a agradavel dona de casa é mais que a mãe/esposa perfeita, assim como a aparente megera dona de uma empresa pode não ser pura maldade. Cada Sestra, de sua maneira é especial e vai ser difícil não se apegar a elas, além de temos também o sestra Felix.
  • Tramas: os fãns de Sci-Fi vão gostar do que essa série tem a oferecer, os temas, os mistérios e as histórias da vida dos personagens não decepcionam e cada revelação é um tiro.

Canal: Space

País: Canadá

Inicio: Mar 2013

Status: Indo para 4 Temporada

Duração Episodio: 60 min

Gênero: Drama / Ação/  Sci-Fi / Suspense / Mistério /

 

 

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Série da semana: Sense8

Essa era uma das séries que eu estava mais ansiosa para falar. Porém, eu queria deixar para postar as coisas em sequência e não ficar o site em hiatus no meio da temporada ( além de motivos acadêmicos terem me atrapalhado). Geralmente gosto de deixar a poeira baixar para depois sair gritando para os quadro cantos do mundo o meu amor por uma série (no mundo virtual, pelo menos). A série tinha estreado em uma sexta, e mesmo tendo coisas para fazer eu não consegui me controlar e assisti TODOS os episódios seguidos, quase 12 horas ininterruptas de série.

Sense 8 conseguiu me fisgar logo o segundo episódio, e quando você pensa que depois do terceiro a coisa vai dar uma esfriada a coisa só esquenta. A serie que é a mais nova produção dos irmãos Wachowski e aposta do Netflix. Contando sobre 8 pessoas que estão ligadas umas as outras pelas suas mentes, a serie mistura ação, suspense, drama e comédia de uma maneira que eu só posso chamar de obra prima das series (podem achar que eu estou exagerando mas eu a considero uma das melhores).

Motivos para ver a série:

  • Personagens: De sua maneira cada personagem é especial, Nomi a hacker, lito o ator, Sun a lutadora(ou Donna da série se preferir)…casa um deles tem algo que fará você se simpatizar e fazer você se importar como se eles fossem sua própria família
  • Cultura e diversidade: ponto para a serie que soube trazer diversidade nas mais diferentes formas. Temos atores de nacionalidades e etnias diferentes, contando historias de pessoas diferentes, cada uma com sua nacionalidade, etnia, sexualidade, fé e o que mais for, de forma real e honesta. É uma serie que não tem contar medo arranjar polemica para contar uma boa historia
  • Produção: sério, assista os bastidores dessa lindeza, a forma como a historia é passada e os efeitos visuais são usados são surpreendentes e faz você lembrar porque os Wachowski são os Wachowski.

abertura:

canal: Netflix

País: EUA

Inicio: Jun 2015

Status:  Segunda temporada sendo gravada

Duração Episodio: 60 min

Gênero: Drama /Sci-Fi/ Ação/ Romance/

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Série da semana: Please Like Me

A série de hoje é uma comédia, o que é algo raro na minha lista de indicações. Porém essa merece um voto de confiança, e acho injusto trata-lá como uma comédia. Esse série não vem com piadinha e risadinha de sitcom ao fundo. A série e baseada na vida do ator principal, Josh Thomas, que também escreve e produz.

Motivos para ver a série:

  • Josh poderia ser o seu vizinho, amigo ou irmão: Como Josh Thomas atua como ele mesmo, eu pensei que o protagonista seria aquele cliché que me irrita muito: o protagonista bonzinho, altruísta e sem defeitos. Mas não, Josh também não é um vilão como de séries teen como um vampiro frio e egoísta. Josh é apenas ele, com seus defeitos (que não são poucos) e suas qualidades. Junto com ele conhecemos seus amigos, sua família e seus namorados, todos tendo igualmente seu lado bom e ruim.
  • A série é despretensiosa e tem seus momentos felizes, engraçados e também os tristes. E assim como a própria vida, podemos estar super bem e acontecer alguma coisa ruim e o contrário também. A vida é imprevisivel e cheia de altos e baixos.
  • Você não sente como se estivesse assistindo uma série, parece que você faz parte da história com os personagens. Você não vai ver o josh falando diretamente para a câmera então não temos quebra da quarta parede, na verdade é como se a quarta parede nem existisse. A própria abertura contribui para isso, não temos aquela quebra, como uma abertura aparecendo de repente em todo episodio anunciando o começo da historia, a abertura faz parte da história, como cada episodio é diferente com a abertura é a mesma coisa.

Uma pequena amostra de como funcionam as aberturas. A música também é muito boa.

Canal: ABC2

País: Austrália

Inicio: Feb 2013

Status:  Terceira temporada terminada recentemente

Duração Episodio: 20 min

Gênero: Comédia

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Série da semana: Master Sun

A série de hoje é na verdade um Dorama. -O que é um Dorama? São tipo novelinhas Coreanas (ou japonesas ou chinesas).

A intenção foi pegar o gancho com o ano novo chinês que aconteceu essa semana, mas como eu nunca vi um Dorama chinês, resolvi comentar do primeiro Dorama que eu assisti: Master Sun.

A história conta sobre uma garota chamada Tae Gong Sil que possui a habilidade de ver fantasmas, mas como ela é muito medrosa e se assusta sempre que vê eles, ela nunca consegue se manter em um emprego, fazer amizades e está sempre cansada já que não consegue dormir. até o dia em que ela conhece Joo Joong Won, um arrogante CEO que quando encosta em Tae Gong Sil os fantasmas somem. A partir dai começa uma história com romance, aventura e tudo mais que um narrador da sessão da tarde falaria.

Motivos para ver a série:

Porque o romance faz qualquer um se derreter: uma das coisas mais legais dos doramas é que eles raramente mostram alguma coisa, tudo costuma ser muito sutil, além disso é muito raro o casal se beijar, você vê muito mais emoção em um abraço ou olhar quando assiste um dorama justamente porque qualquer demonstração de afeto já é uma grande coisa. O casal é aquele que vai fazer você torcer em todos os episódios.

A comédia é sutil mais muito agradável: é aquele tipo de humor awkward. Você vai rir muito com a protagonista pagando de maluca por causa dos fantasmas.

A Coréia sabe dar susto: quando comecei a assistir Master Sun, o gênero que aparecia era comedia, romance, fantasia e terror. Ai eu pensei, como que eles vão fazer uma comédia romântica com terror? Pois acreditem, eles conseguem. Com o tempo vai ficando mais leve, mas os fantasmas conseguem ser bem macabros.

Você vai chorar também: na verdade tudo é intensificado em doramas, mas a real é que em vários momentos esse dorama conseguiu me deixar realmente na bad. não vou dar spoiler, só vou dizer que e se você não ficar com os ninjas cortadores de cebola(ou lágrimas, como você preferir) nos episódios das crianças, então você não é humano.

Temas discutidos: ok que os temas, fora um ou outro não são tão diferentes do que vemos normalmente na televisão, mas a forma como são abordados (destaque para o episódio das crianças) e os costumes e a forma de ver o mundo seguindo a Coréia do Sul é o que torna Master Sun uma ótima experiência cultural.

País: Coreia do Sul

Inicio: Agosto de 2013

Status:  Finalizada

Duração do episódio: 60 min

Gênero: Comédia/ Fantasia/ Romance/ Terror

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário